terça-feira, 23 de maio de 2017

PROMOTORA DE JUSTIÇA EXIGE INFORMAÇÕES SOBRE MOROSIDADE NA SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS DE CONTRATOS TEMPORÁRIOS NA PREFEITURA DE ITABAIANA

Através de ofício a procuradoria do município é advertida pelo artigo 10 da Lei n.7347/85 que pune com reclusão de 1 a 3 anos de prisão e multa, a recusa, o retardamento ou omissão de informações na propositura de Ação Civil requisitados pelo Ministério Público.

A promotora de Justiça Claudia do Amaral Calmon da 1ª Promotoria de Justiça Cível da comarca de Itabaiana/SE oficiou no último dia 16 de maio a Procuradora Geral do município de Itabaiana Andréa Carolina Almeida Machado, para no prazo de cinco dias enviar as informações solicitadas pela promotoria, acerca da morosidade em solucionar os problemas dos contratos temporários vigentes na Prefeitura Municipal de Itabaiana (Ver ofício abaixo).
Parte do ofício enviado a Prefeitura pelo Ministério Público
O interesse da Promotora Claudia Calmon diz respeito ao Concurso Público realizado pela administração municipal após a publicação do Edital 01/2015 com provas realizadas no ano posterior, período de 28 de fevereiro a 06 de março de 2016, e dois anos após a sua publicação segundo denúncia, a Prefeitura continua contratando para cargos oferecidos no Edital mesmo havendo excedentes. Conforme o demonstrativo aqui exposto, o Referido Edital ofertava vagas para Médicos, Enfermeiros, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Educador Físico, Perito Avaliador, Procurador, Engenheiro Ambiental, Psicólogo, Assistente Social, Professor, Agente de Obras, de Coleta de lixo, de limpeza, de Segurança patrimonial, de Combate a Endemias, de Serviços Funerários, de Serviços de Alvenaria, de Manutenção, de Copa e Cozinha, de Recepção, Agente Administrativo, Agente Técnico e cadastrador de Programas Sociais. Confira Edital: https://cdn2.agrobase.com.br/concursos/wp-content/uploads/2015/10/edital-001-2015-do-concurso-da-prefeitura-de-itabaiana-se.pdf

Em 05 de abril do corrente ano a Doutora Claudia do Amaral Calmon recebeu o ofício nº 133/2017 de autoria da Procuradora de Justiça e Ouvidora do Ministério Público Maria Conceição de Figueiredo Rolemberg, o qual encaminhava cópia da manifestação 12029, registrada no Sistema da já citada Ouvidoria, onde o manifestante denunciava a contratação de Professores por parte da prefeitura Municipal de Itabaiana mesmo havendo excedentes do último concurso ainda vigente naquela data. A denúncia na oportunidade informava que os contratos só beneficiavam os eleitores do Prefeito e afirmava a existência de um áudio gravado por telefone onde a Secretária Municipal de Educação de Itabaiana lhe solicitava um currículo para possível contratação na área de Pedagogia.  (Ver Documento abaixo).
Denuncia realizada na ouvidoria do Ministério Público
No ofício encaminhado a Procuradoria do Município de Itabaiana a Promotora faz uma advertencia valendo-se do Artigo 10 da Lei n. 7347/85 que preceitua:
“Constitui CRIME, punido com pena de reclusão de 1 (um) a 3 (três) anos e multa de 10(dez) a 1.000(mil) Obrigações Reajustáveis do Tesouro Nacional (ORTN) a recusa, o retardamento ou omissão de dados técnicos indispensáveis à propositura da ação civil, quando requisitados pelo ministério público”.



Por: Eugenio Santana DRT/SE 628


segunda-feira, 22 de maio de 2017

PROCURA POR ATENDIMENTO AMBULATORIAL NO HOSPITAL DE ITABAIANA NO ULTIMO FINAL DE SEMANA CHEGA A 70%

Hospital Regional de Itabaiana atendeu a 810 pacientes no último final de semana.


Viroses fazem corpo clinico do Hospital trabalhar dobrado
O Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho de Itabaiana, realizou 810 atendimentos no último final de semana. Entre todos os atendidos 782 pacientes, receberam alta em menos de 24 horas após o atendimento, o que significa uma resolutividade imediata de (96,5%). 

A unidade hospitalar de Itabaiana registrou entre a sexta-feira 19 de maio ao domingo 21 de maio, 506 acolhimentos com 503 altas médicas (99,4%), 112 casos de ortopedia com 102 altas médicas (91%), 127 suturas com 113 altas médicas (89%), 62 observações pediátricas com 61 altas médicas (98,5%), e 3 consultas em ambulatório com 3 altas médicas (100%). 

O Hospital Regional de Itabaiana contabilizou na sexta-feira 19 de maio 274 atendimentos com 260 altas médicas (95%), divididos entre 166 acolhimentos, 51 casos de ortopedia, 41 suturas, 14 observações pediátricas e 2 consultas em ambulatório. Já nos sábado 20 de maio, foram contabilizados 249 atendimentos com 247 altas médicas (99,2%) que se classificaram como 160 Acolhimentos, 27 casos de ortopedia, 29 suturas, e 33 observações pediátricas. Por último no domingo 21 de março, a unidade hospitalar de Itabaiana computou 287 atendimentos com 275 altas médicas (96%), na soma de 180 acolhimentos, 34 casos de ortopedia, 57 suturas, e 15 observações pediátricas e 1 consulta em ambulatório.

Na soma total dos acolhimentos, observações pediátricas e consultas em ambulatório durante o referido período, encontramos o numero de 571 atendimentos o que significa 70 % de procura por atendimento ambulatorial no ultimo final de semana no Hospital Regional de Itabaiana.

Waltenis Braga Silva Júnior - Enfermeiro Chefe

 O Enfermeiro chefe Waltenis Braga Silva Júnior fala sobre o aumento na procura por atendimento ambulatorial na unidade:

" Este período faz todas equipes de profissionais trabalharem dobrado em nossa unidade hospitalar em decorrência  do aumento de doenças respiratórias típicas da época que variam entre gripes, resfriados, conjuntivites, asma, bronquite, viroses e outras, mas nos preparamos todos os anos para oferecer o melhor atendimento possível, e mesmo com o aumento consecutivo na procura por atendimento estamos otimistas com a informação que o Nosso Hospital será agraciado com uma das 27 ambulancias adquiridas pelo governo do Estado o que nos dará um suporte ainda maior quando houver necessidade de transferencias de pacientes". Conclui Waltenis.



Por: Eugenio Santana DRT/SE 628

segunda-feira, 15 de maio de 2017

VIROSES E INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS PROVOCAM AUMENTO NA PROCURA POR ATENDIMENTO NO HOSPITAL REGIONAL DE ITABAIANA DURANTE O ÚLTIMO FINAL DE SEMANA.



 
Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho
O Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho de Itabaiana, Registrou durante o ultimo final de semana, 815 atendimentos entre a sexta-feira 12 de maio ao domingo 14 de maio. Do total de pacientes atendidos, 788 receberam alta médica o que corresponde a 96,7% de resolutividade imediata dos casos atendidos no referido período. Com relação à classificação de atendimentos, a Unidade Regional do Agreste, contabilizou 477 acolhimentos, 102 casos de ortopedia 106 suturas, 128 casos de observação pediátrica, e 02 consultas em ambulatório.

Os atendimentos acima relatados se dividiram entre 331 atendimentos na sexta-feira 12/05, com 311 altas médicas (94%), classificados como 165 acolhimentos, 70 casos de ortopedia, 46 suturas, 49 casos de observação pediátrica e 1 consultas em ambulatório. Já no sábado 13/05, O Hospital Regional de Itabaiana registrou 271 atendimentos com 267 altas médicas (98,5%) na soma de 156 acolhimentos, 22 casos de ortopedia, 26 suturas, 66 observações pediátricas e 01 consulta em ambulatório.  E Por último no domingo 14/05, O Hospital Dr. Pedro Garcia Moreno Filho atendeu a 213 pacientes com 210 altas médicas (99%) que se classificaram entre 156 acolhimentos, 10 casos de ortopedia, 34 suturas e 13 observações pediátricas.

Quando contabilizados o total de acolhimentos consultas ambulatoriais e observações pediátricas, O Hospital Regional de Itabaiana registra 607 pacientes atendidos nestas áreas, o que significa (74,5%) de procura por atendimento ambulatorial entre todos os registros computados no referido período.
O Superintendente do Hospital de Itabaiana Dr. Darcy Tavares Pinto destaca o aumento na procura por atendimento durante o mês de maio:

Dr. Darcy Tavares Pinto (Superintendente)
“Neste período chuvoso na região agreste, as infecções respiratórias, resultam em um crescimento considerável na procura por atendimento em nossa unidade hospitalar. Se observarmos o numero de pacientes atendidos no primeiro final de semana do mês passado (abril) que totalizou 680 registros, e compararmos ao segundo final de semana de maio que foram 815, encontraremos um aumento de 17% na procura em curto período. A tendência é ir aumentando gradativamente a busca por nossos serviços uma vez que já estamos nos deparando com casos repetitivos de viroses típicas dessa época. Por esse motivo mantemos nossas equipes médicas em alerta e pedimos a compreensão da população no tocante a respeitar a classificação de risco utilizada como critério de atendimento e não a ordem de chegada como alguns esperam”. Esclarece o superintendente.



Por Eugenio Santana DRT/SE 628


terça-feira, 2 de maio de 2017

HOSPITAL REGIONAL DE ITABAIANA ATENDEU A 873 PACIENTES NO FERIADÃO DO DIA DO TRABALHO.



91,9 % dos pacientes atendidos receberam alta em menos de 24 horas após o atendimento.
Emergência do Hospital Dr. Pedro Garcia Moreno Filho
O Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho de Itabaiana, atendeu durante o feriadão de sexta-feira 28 de abril a segunda-feira 01 de maio dia do trabalho, 873 pacientes qualificados como, 476 acolhimentos com 433 altas médicas (91%), 99 casos de ortopedia com 87 altas médicas (88%), 154 suturas com 144 altas médicas (94%), 123 observações pediátricas com 119 altas médicas (97%), e 21 consultas em ambulatório com 19 altas médicas (90%). Entre todos os atendidos, 802 pacientes receberam alta em menos de 24 horas após o atendimento, o que significa uma resolutividade imediata de (91,9%).

O Hospital Regional de Itabaiana contabilizou na sexta-feira 28 de abril 318 atendimentos com 288 altas médicas (90,6%), divididos entre 138 acolhimentos, 53 casos de ortopedia, 55 suturas 51 observações pediátricas e 21 consultas em ambulatório. Já no sábado 29 de abril, foram contabilizados 261 atendimentos com 261 altas médicas (100%) que se classificaram como 152 Acolhimentos, 20 casos de ortopedia, 41 suturas e 48 observações pediátricas. No domingo 30 de abril, a unidade hospitalar de Itabaiana computou 95 atendimentos com 77 altas médicas (81%), enquanto que na segunda-feira 1º de Maio feriado do dia do trabalho, O hospital atendeu a  199 pacientes com 176 altas médicas (88,4%).

A soma total dos acolhimentos, observações pediátricas e consultas em ambulatório durante o referido período, totalizaram 620 atendimentos o que significa 71% de procura por atendimento ambulatorial durante o feriadão no Hospital Regional de Itabaiana.

Rosiane Santana - Gerente Administrativa
 A Gerente Administrativa Rosiane Santana avalia os atendimentos realizados no período:

- “ Consideramos normal esse número de atendimento durante este feriadão, porém salientamos uma queda na procura por atendimentos no domingo 30 de abril que acreditamos ter sido em decorrência das chuvas continuadas que presenciamos neste dia,  o que deve ter estimulado o povo da região a ficar em casa descansando, evitando assim os acidentes rotineiros neste dia. O importante é que a nossa unidade estava preparada para receber tantos quantos nos procurassem em busca de atendimento médico ”. Finalizou Rosiane.


Por: Eugenio Santana DRT/SE 628

segunda-feira, 24 de abril de 2017

HOSPITAL REGIONAL DE ITABAIANA ATENDEU A 640 PACIENTES DURANTE O FERIADÃO DE TIRADENTES.



98 % dos pacientes atendidos receberam alta em menos de 24 horas após o atendimento.

Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho
O Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho de Itabaiana, registrou entre a sexta-feira 21 de abril ao domingo 23 de abril, 400 acolhimentos com 393 altas médicas (98,3%), 79 casos de ortopedia com 79 altas médicas (100%), 110 suturas com 105 altas médicas (95%) e 51 observações pediátricas com 51 altas médicas (100%), Totalizando 640 atendimentos no último final de semana. Entre todos os atendidos, 628 pacientes receberam alta em menos de 24 horas após o atendimento, o que significa uma resolutividade imediata de (98%). 

O Hospital Regional de Itabaiana contabilizou na sexta-feira 21 de abril 260 atendimentos com 254 altas médicas (97,6%), divididos entre 164 acolhimentos, 35 casos de ortopedia, 43 suturas e 18 observações pediátricas. Já no sábado 22 de abril, foram contabilizados 211 atendimentos com 207 altas médicas (98%) que se classificaram como 153 Acolhimentos,18 casos de ortopedia, 23 suturas e 17 observações pediátricas. Por último no domingo 23 de abril, a unidade hospitalar de Itabaiana computou 169 atendimentos com 167 altas médicas (99%), na soma de 83 acolhimentos, 26 casos de ortopedia, 44 suturas, e 16 observações pediátricas.

A soma total dos acolhimentos, observações pediátricas e consultas em ambulatório durante o referido período, totalizaram 451 atendimentos o que significa 70% de procura por atendimento ambulatorial no ultimo final de semana no Hospital Regional de Itabaiana.

Waltenis Braga Júnior - Enfermeiro Chefe

O Enfermeiro Chefe Waltenis Braga Júnior, alerta para o aumento no percentual de suturas e casos de ortopedia nos feriadões:

- “ Observa-se que durante os feriadões há um aumento na necessidade de atendimento de ortopedia e cirúrgico, esses casos na maioria das vezes são registros de acidentes com veículos automotores principalmente ciclomotores, fruto da ingestão de bebidas alcoólicas de seus condutores que resultam na perda de equilíbrio causando acidentes com lesões perfuro/cortante e traumas.  Especificamente neste final de semana eles totalizaram 30% dos registros de ocorrência”. Finaliza Waltenis.


Por: Eugenio Santana DRT/SE 628